Pular para o conteúdo principal

O Que é Liberdade?




Digamos que você está num talk show, tipo o do Pedro Bial (os outros nunca deixam o entrevistado falar muito), e ele lhe faça aquelas perguntas estilo “jogo rápido” antes dos comerciais, e uma das pergunta seja: “o que é liberdade?”. Você responde com um sorriso no rosto imaginando que a resposta seja fácil demais: “liberdade é fazer o que quiser, sem precisar dar satisfações a ninguém”. Ele sorri, gosta da resposta, e chama o intervalo comercial. 

Mas será que liberdade é isso mesmo? Aliás, será que essa liberdade existe? 

Se você trabalha você deve satisfações ao seu chefe / coordenador / supervisor, etc. Se “fizer o que quiser” na empresa você simplesmente será convidado a integrar o time dos que buscam recolocação profissional. 

Se você é casado você deve satisfações ao marido / esposa, se é que deseja ter um relacionamento saudável. Se “fizer o que quiser” ganhará um divórcio, as vezes litigioso e demorado. 

Se você é adolescente deve satisfações aos seus pais, que ainda respondem pelas bobagens que você fizer. Se “fizer o que quiser” pode perder a internet, a mesada e, dependendo dos pais que tiver, ainda ganhará umas boas bofetadas. 

Se você estuda deve satisfações aos seus professores, diretores, coordenadores. Se “fizer o que quiser” na escola simplesmente perderá o ano, isso se não for convidado a procurar outro local para estudar. 

E independentemente de qualquer uma das variáveis acima, você deve muitas satisfações àquele jovem esbelto, atraente para alguns, repugnante para outros, mas forte o suficiente para te imobilizar, tirar tudo o que é seu e te deixar sem nada, se ele quiser. Sabe quem é, né, aquele rapaz chamado Governo. Se “fizer o que quiser” com o Governo… Bom, nem precisa dizer o que acontece, né? 

Viu como é complicado falar em liberdade? 

Ninguém é totalmente livre no sentido de “fazer o que quiser”, porque ninguém faz o que quer o tempo todo. Sempre temos que dar satisfação a alguém, prestar conta do que fazemos. Por menos obrigações que uma pessoa tenha na vida, em algum momento do dia ela deve explicações a alguém sobre alguma coisa, por menor que seja. 

Então como se sentir livre mesmo em meio a um mundo onde sempre haverá alguém esperando uma explicação, uma prestação de contas sua? 

Liberdade é mais do que só fazer o que quiser. Liberdade é sentir-se livre, mesmo em meio a um mundo de obrigações e tarefas chatíssimas a se concluir no dia a dia. 

Liberdade é sentir-se livre emocionalmente. É amar, é querer bem, mas não depender de alguém para se sentir bem. Liberdade é a maturidade de saber que você continuará bem e inteiro, estando aquela pessoa ao seu lado ou não. 

Liberdade é saber que nem sempre se consegue agradar Montecchios e Capuletos e mesmo assim se sentir à vontade para seguir em frente, sem se importar com o que vão dizer. 

Liberdade não é um estado físico ou uma situação. Liberdade é um sentimento, um estado de espírito. É possível ser livre, mesmo não estando livre. Existem muitos livres em cadeiras de rodas e muitos aprisionados com as pernas perfeitas. Muitos livres sem religião e muitos aprisionados pela fé. Muitos livres nos hospitais em estado terminal, e muitos aprisionados gozando de ótima saúde pelas ruas. 

Liberdade é ter a mente leve e aberta. Ser livre é não se deixar dominar pelo medo ou pela culpa. Ser livre é estar pronto para a novidade. 

Liberdade é aceitar-se como é, com seu passado complicado, suas manias, medos e estranhezas. Ser livre é “tirar a máscara que cobre o seu rosto”, é ser você, “mesmo que seja estranho ou bizarro”, como diz a música. 

Liberdade é não depender da aprovação de outros para se sentir bem. É fazer coisas para si mesmo, se presentear, se elogiar, alimentar o ego. É querer-se bem antes que os outros queiram. 

Parafraseando a mestra Clarice Lispector, liberdade é “palavra doida, repetida aos montes por aí”. É difícil de entender, mas fácil de viver. 

Liberdade não é "estar" livre, é "ser" livre.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Entrevista com Deus

(Terminam os comerciais. Entra a vinheta de abertura do programa)

Apresentador: Pronto, pessoal, voltamos! E agora voltamos com tudo, porque nosso convidado é mais do que especial! (Fala em tom de suspense)

(Plateia): oooooh!

Apresentador: Sim, é isso mesmo! As coisas mais belas desse mundo e as maiores atrocidades humanas já foram feitas em nome Dele. Por causa dele pessoas mudaram suas vidas e outras mataram inocentes. Deus, Alá, Brahma, Senhor ou Jeová dependendo da religião, é talvez a figura mais controversa da história. Milhões de crenças no mundo pensam ter a fórmula correta para chegar a ele. Em nome dele igrejas são abertas diariamente. Líderes enriquecem e pessoas simples empobrecem. Para chegar ao nosso convidado as pessoas criam cultos, rituais, magias, caminhos e uma infinidade de formas de alcançar o divino. Mas será que é tão difícil assim esse contato? Nossa produção foi pesquisar, e o resultado é algo totalmente inesperado. Olha só!


(Toca a vinheta novamente. Entra o víde…

Porque Comprei a Playboy da Nyvi Estephan | Lifestyle #15

Nunca fui leitor assíduo da Playboy e sequer me interessava por revistas do tipo. Mas não sou hipócrita nem pré-adolescente para ter que esconder que já comprei algumas edições da revista. Sempre gostei do conceito do nu artístico, do olhar fotográfico da delicadeza do feminino em sua integralidade - daí meu interesse pela fotografia sensual. E claro, sou homem hétero e algumas vezes a beleza da playmate me chamou a atenção, mas nunca precisei comprar Playboy pra "bater uma", se é isso que pensam. Até porque usar uma folha de papel pra saciar tesão é algo meio estranho... Mas enfim.
E, se a intenção de ler a revista era o nu artístico, as edições dos últimos anos deixavam muito a desejar. A revista servia simplesmente para dar visibilidade a pseudo-famosas ávidas por dinheiro fácil e rápido, além de alguns minutos de fama após o BBB ou algo do tipo. 
Mas aí a Playboy, depois que saiu das mãos da Editora Abril e passou para a PBB Editora, mudou totalmente sua imagem e deix…