Amor em Tempos de WhatsApp



Sim, não tenho a menor dúvida de que Deus criou a comunicação para melhorar e fortalecer os relacionamentos humanos, nos permitindo manter contato com aqueles que nos fazem bem. O diabo, o satanás, o coisa-ruim, para tentar estragar tudo, criou o WhatsApp.


Ela: mô, pciso falar c vc

Ele: pd flr, amr

Ela: n dá + pra gente continuar juntos

Ele: !!!

Ela: Depois falo mlhr, mas acabou dskupa

Ele: posso saber pq?

Ela: acho que sou eu, slá, mas não te quero mais.

Ele: tá bom, fazer o que

Ela: !!!

Ele: qfoi?

Ela: é só isso que vc tem a dizer?

Ele: pq, o que mais eu deveria dizer?

Ela: Renato, to falando que não te quero mais e vc fala tá bom? vc vai concordar assim, de boa?

Ele: bom, então vamos lá. Letícia, lembra de quando começamos a namorar, há mais ou menos um ano, e eu te disse que eu era diferente da maioria exatamente por não correr atrás? Eu te falei que não faço o tipo que se rasteja pela atenção de ninguém. Até o momento em que você me quiser, estarei aqui pronto para te dedicar todo o meu amor. Quando você não quiser mais, irei entender e agradecer pelo momento em que você me permitiu estar ao seu lado. Bom, esse momento chegou. Você disse que não me quer mais. O que você quer que eu faça? Brigue, discuta, vá até a sua casa com flores e chocolates e te implore um amor que você não tem mais? Quer que eu te peça mais uma chance, até que você fique comigo por pena de mim e de meu sofrimento piegas? Não, não vou fazer isso, Letícia. Não foi o meu amor que acabou, foi o seu. O meu continua intacto. Se você não me quer mais, não tenho o porque implorar que você continue comigo. Sim, vou sofrer muito. Mas vou sofrer calado. Aqui comigo, na minha cama, que é lugar quente. Durante o dia vou vestir a máscara de vida social e seguir em frente. Repito: meu amor continua o mesmo. Caso o seu renasça de novo, estarei aqui. Enquanto isso, seguirei em frente. Tchau!

Ela: contato bloqueado

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Porque Comprei a Playboy da Nyvi Estephan | Lifestyle #15

A Minha Casa | Crônicas #65

Eu Prometo