Translate

#Mulheres2010: A beleza da brasileira X culto ao corpo




Liesel Hoffmann - Morar em outro país muitas vezes nos dá a dimensão de quem somos realmente. Sou alemã, mas moro de fato na Alemanha há quase um ano. Cresci no Brasil por isso conheço bastante o povo brasileiro, seus costumes. Digo para vocês que até conheço melhor o brasileiro do que o alemão.

Pois é por que conheço o brasileiro que decidi escrever sobre a mulher brasileira, quando aceitei o convite do meu amigão Weslley (adoro ele, diga-se de passagem kkk). Quero falar de fato sobre a beleza da mulher brasileira. Não é estranho a ninguém que a mulher brasileira está entre as mais bonitas do mundo, como se pode ver em vários concursos Miss Universo e outros. A mulher brasileira tem algo que a grande maioria das mulheres no resto do mundo não tem: carne pra apertar. Brasileira tem bunda grande, seios fartos, resumindo: brasileira é gostosa no sentido mais erótico do termo. E, se as meninas ainda não sabem, homem adora ter o que apertar. Aqui na Alemanha - pelo menos entre as pessoas com quem convivo - a mulher brasileira é quase cultuada, exceto umas trágicas que se sentem gostosas.

Pois é, mas ser bonita tem lá seus lados ruins. Além de muitas vezes você não ser levada a sério no quesito competência, há o tão malfalado culto ao corpo. Todos nós temos vaidade, isso é mais que normal. Desde as misses às feiosas, todas temos nosso hidratantezinho. O problema é que as bonitas estão muito mais expostas ao culto ao corpo, pois o medo de perder a tão admirada beleza pode alcançar situações irracionais. Não foi só uma, ou duas vezes que ouvimos de mulheres que tiveram complicações em cirurgias plásticas desnecessárias, sem falar as que infelizmente não resistiram e morreram. Recentemente uma conhecida de trabalho minha faleceu na mesa de cirurgia, quando fazia uma plástica para retirar gorduras que nunca existiram. A moça, além de linda, era mais uma das devotas da beleza. Morreu como "mártir do próprio corpo".



A insatisfação com o corpo está presente em toda mulher e dificilmente alguém vai mudar. Hoje mesmo vi que preciso perder 2 kilos... Mas o problema é o quanto isso se torna importante em nossa vida, o quanto isso consome nossa tranquilidade. Ser bonita está muitíssimo além da formosura, tem mais a ver com nossa feminilidade (adoro essa palavra kkk) e nosso jeito de ser. Por isso a beleza deve ser buscada sim, mas não acima de outras qualidades mais importantes.

Bom, gente, por hoje é isso aí. Agradeço muito mesmo ao Weslley pela oportunidade. Me senti "blogueira por um dia".

Auf Wiedersehen



Liesel Hoffmann é jornalista, formada pela Universidade Anhembi Morumbi (SP) e trabalha em um jornal em Berlim - Alemanha, onde mora há quase um ano.

Nenhum comentário:

js.src = "//connect.facebook.net/en_US/sdk.js#xfbml=1&version=v2.0";