Translate

As mulheres estão (quase) dominando o planeta #Mulheres2012



Por Rosângela Cianci

Diariamente sabemos de mulheres que inspiram outras com exemplos intensos e arrebatadores. Diversidade, força, determinação, criatividade, realização de sonhos, uma energia contagiante que chamam a atenção pelos arredores da Terra.

E assim, a cada ano que passa, temos cada vez mais certeza de que as mulheres do Brasil e do mundo estão (quase) dominando o Planeta. Elas sonham, buscam, realizam,e, surpreendem.

Sim!!! A força de uma mulher que sonha não tem limites. Durante séculos, ela vem provando cada vez mais que está disposta a conquistar seu espaço, custe o que custar e, tem evoluído, tem aprimorado seu caminho, superado obstáculos com um jeitinho todo especial aqui e ali e aos poucos vai provando o que é realmente especial dentro de um leque bem amplo: atuar com a família, o marido, os desafios da maternidade, se sobressair no trabalho, manter vínculos sólidos com as amigas, ter qualidade de vida, cuidar de si mesma, curtir as novidades, afinal, um pouquinho de vaidade não faz mal a ninguém...

Apesar das muitas conquistas durante séculos, há ainda muita desigualdade com os homens, principalmente no quesito financeiro. Qual a maior motivação do sexo feminino? Afinal, o que move as mulheres ao ponto de fazê-las não desistir nunca de seus ideais? É pura energia em movimento, parece que há uma forte consciência em “conduzir, talvez”, realizar sua missão e não se perder nessa existência – pelo menos é o que parece. Ela está sempre seguindo seu caminho com foco e estratégias para um avanço na conquista de valores e harmonia ainda desconhecidas. E isso - repito, no mundo inteiro.

As mulheres tem se destacado em profissões incríveis que antes eram departamento apenas dos homens. Elas saem, às vezes bem cedo, de dentro de suas casas para enfrentar, conquistar e - dominar o mundo, mesmo aos poucos: na política, como “chefes de baton” em cargos de presidentas, inclusive, já podemos nos dar ao luxo de ter uma, embaixadoras que transitam por aí afora contrariando alguns machistas, executivas de grandes empresas, comandante de vôos, – que fazem “piruetas” no ar e cada movimento é muito ensaiado, motoristas de ônibus, de trem, pilotos de carro na velocidade máxima entre outros pilotos homens e motores barulhentos, de corridas de cavalo que ganharam novo brilho na profissão de joqueta,... Elas fazem arte, pesca profissional, dançam, cantam (e encantam), são médicas, advogadas, engenheiras, jornalistas, vendedoras, empresárias, e muitas outras tarefas. Superam-se em meio a deslizes e mantem uma meta constante e vitoriosa.

A mulher moderna, inclusive donas de casa, que optam por esta faceta do universo feminino, exalam seu brilho interior em toda a sua plenitude. Uma pitada de intuição e raciocínio aqui, paixão e amor na dupla e tripla jornada ali... Ela é tão simples, e, às vezes tão enigmática. Multifuncional. Ser mulher é um dom, uma benção, uma forma única de enxergar a vida mesmo após um longo dia de trabalho. É provado que as mulheres conseguem fazer muitas coisas ao mesmo tempo, afinal isso é tudo que se pode esperar de um cargo, principalmente de chefia. No final do século passado, mais precisamente a partir dos anos 60, estudiosos apontaram um novo rumo na humanidade por parte dos casais. Interessante que alguns maridos ou companheiros conseguem ajudar sua mulher, e isso até que contribui para deixar o casal mais unido. Eles dividem praticamente todas as tarefas domésticas quando ela trabalha fora e tem que chegar em casa, fazer comida, administrar o lar, cuidar dos filhos, do próprio marido (aqueles que não cresceram o suficiente) e assim fica bem mais fácil para que ela progrida e ambos cresçam em seus sonhos. Se ela encontrar esse parceiro na divisão do amor e dos trabalhos a serem realizados, se ela não for confundidaa com uma empregada particular para fazer as coisas só para ele e todo o clã - incluindo tudo que envolve a moradia, "ótimo!", ela só terá cada vez mais chances de progredir. O número de divórcios no Brasil aumenta cada vez mais, porque falta compreensão masculina e as mulheres não aceitam mais essa condição machista de cuidar da casa e dos filhos sózinha, enquanto o homem apenas trabalha para levar (parte) o sustento. Elas querem mais. Elas merecem mais! Bom, mas esse é um outro tema...

E eis que surge o “Dia Internacional da Mulher”, um feriado mundial para falar de nós mulheres. Por que é importante salientar esse feriado mundial? Não por que as mulheres queiram ser iguais aos homens, mas porque somos diferentes e precisamos de condições diferentes para nos realizarmos e também para lembrar disso seriam necessários muitos dias da mulher num ano! Poderia ficar um tempão aqui, falando sobre a emancipação da mulher, suas conquistas (e devaneios) e muitos outros temas admiráveis relacionados a elas, de muitas que nem tomamos conhecimento. Ainda falta melhorar na África, na Ásia, no Brasil, muitas partes do mundo. Mas as coisas continuarão mudando para melhor, as mulheres continuarão avançando, crescendo até dominarem o mundo por completo. Hoje é um bom dia para pensarmos onde já chegamos e o que mais queremos alcançar! Parabéns para todas nós mulheres em expansão, pois a luta continua.

“Mulher Virtuosa, quem a achará? O seu valor excede o de finas joias.” – Provérbios do Rei Salomão



Rosângela Cianci, mineira, é jornalista formada pela UNISA - Universidade de Santo Amaro e apresenta o programa Informe-se na TV Unisa / CNU. É também colunista da revista Classe A e mantém o blog Emporium de Ideias.

Blog Emporium de Ideias: http://emporiumdeideias.blogspot.com/

Nenhum comentário:

js.src = "//connect.facebook.net/en_US/sdk.js#xfbml=1&version=v2.0";